terça-feira, 27 de setembro de 2016

Quanto a isto não tenho dúvidas, você tem?

.
Em mim não há a menor sombra de dúvidas sobre a existência do Deus "Criador", ou do Latin "Creador", originador de todas as coisas, por nós conhecidas e desconhecidas.

Como se diz: Há muitos Jesus "nome", apenas um pelo caráter. Cremos pelo que conhecemos, nossa fé é o que desconhecemos, embora todo mal informado já saiba tudo.

Embora muitos já tenham suas opiniões definitivas sobre o que pouco conheçam, respeitando  o direito de cada um em ser o que busca, todavia outros também tem o direito de não se afetarem pelo que não queiram.

O sagrado,  citado por diversos cientistas que buscam  conhecer e o entender das Leis que fundamentam a ordem e comandam, as estruturas das cousas. Química, física e outras leis.

No meu entender, após muitas análises e avaliações, e uma experiência, que é facilmente identificável, pela ordem do micro e macro.

Agora: operacionalizar, seguir, criar o caminhar, depurar o nosso ser, o comportamento da reação, sentir a assimilação da reflexão diante do sagrado, não tem sido tarefa fácil ao ser humano. Cria-se aí a causa da complexidade do pensamento do ser ativo, dito racional.

A estrutura do ser, macro ou micro, o maravilhoso sentido de ordem, e o nosso incompreensível saber, torna a nossa limitada busca um tanto complicada e conflitada. Diante do já dito, incompreensível saber.

Fé é justamente a busca fornecida por indicadores, fé baseada em crença, torna-se apenas fanatismo, e para isso basta: não pensar. Há fanatismo da fé e da falta de fé. Como diz o pensador: Não quero tirar dúvidas, mas apenas falsas certezas - Elanklever

Reflexão- "Uma frase oferecida por um pensador não é uma verdade, mas uma oferta de um ponto reflexivo" - Elandici

Esse incompreensível saber, que nos faz debater, vezes de forma insana, na busca do encontro com estas maravilhosas energias da criação. O caminhar consciente, de tão difícil conquista.

Entram os conceitos religiosos, as razões nulas, filosofias, teorias, e nesta torre o estudo das ciências, que tem buscado uma racionalidade de pensamentos. 

Entre as margens da reflexão, entra um sem fim de valores e desvalores.Max Planck - Diz: para o cientista é necessário fé. Infelizmente para muitos fé é uma religião, se não acredito nesta ou naquela estou sem fé.

Hábitos estruturados, tijolos de todos os tipos, valores e modos de se ver o existir, muitos outros sem interesse algum. Formando realidades individuais e de grupos sociais.

Achar o diamante na canga é um árduo trabalho. Entender o amor, ainda penso ser a base desta torre, sem amor o conhecimento torna-se um passado sem sentido. 

Muitos seres humanos tem buscado o conhecimento, o discernimento, a realidade. Para aqueles que acreditam em Deus "criador, originador, bem sabem do apelo bíblico para que isto seja feito, embora haja muito embotamento de doutrinas, dogmas, idolatrias de toda forma. Outros todavia, lamentam tanta exuberância da própria inteligência focada no vazio pelo vazio.

Jesus é o caminho, porém o caráter de Deus é um caminho para o caminho. Pois há muitos Cristos, muitos Jesus. Todavia: como dito caráter não um nome, é um caminho, uma busca um sentido.

Pensando bem: pode ser  sabedoria. Buscar-me-eis..

E.Arruda

Inspiração: Livro
Sejam sábios, tornem-se profetas.
Georges Charpak "Prêmio Nobel de Física - Roland Homnes 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...