terça-feira, 18 de dezembro de 2012

EU SOU



Eu Sou? Nascemos, crescemos e vivemos buscando o "EU". Chega-se a um momento em que passamos afirmar. Eu sou isto, aquilo, sou mais, pertenço a isto ou a aquilo. Esta íntima necessidade de elucidação da própria existência, cria em cada ser a necessidade de busca e autoencontro.

A necessidade de pertencer a algo que nos dê destaque, a algo que nos  faça aparecer, que sobreponha a outros ou aos próprios complexos. Tudo bem, ótimo que maravilha o ser humano buscando  melhorar, tornar-se cada vez mais útil a si e a sociedade, ter sucesso em sua caminhada.

Continuar neste caminho é fundamental, nos encontros da vida, nos direcionamentos existenciais, selecionando, entesourando valores que apreciamos no curso, no seguir da vida. Agora, entre sermos caminhantes e ou dizermos "EU SOU", há uma infinita distância.

Ao lermos a Bíblia, vemos esta citação "EU SOU", expressa quando o profeta Moisés perguntou a Deus. Quem me envia a Faraó? Em resposta obteve esta afirmação: "Eu Sou O Que  Sou"- Ex:3.14(ARC). Sim,
o originador de todo projeto ao qual estamos inseridos. Quantos querem dizer "Eu Sou", vivendo em uma terra emprestada por um certo tempo, alimentando-se das generosas provisões da Criação, deitamos um dia sem sabermos se levantaremos amanhã. Será que temos tanta propriedade individual para dizermos "EU SOU ? Será que isto cria significância de alguma sanidade mental ?

Jesus disse: Eu sou O CAMINHO. Sendo Jesus este caminho, aqueles que o seguem, apenas serão caminhantes, aprendizes do grande EU SOU. No livro de Apocalipse encontramos a citação: "Eu sou Alfa e Ômega, o principio e o fim".- Apoc:1.8(ARC).

E nós? Não temos nada a ser, temos sim a somar. Títulos, placas, diplomas, certificados, apenas nos prendem a grade, na jaula do nosso falível ego. Quem quer ser o maior, que sirva, sim que seja útil. Infelizmente poucos são úteis até a si mesmos.

Vemos o ser humano praticando tantas ações sem fundamentos, sem objetivos, somos apenas alunos em um solo emprestado, somos caminhantes aprendizes, estudantes da vida. Ninguém tem propriedade alguma em dizer "Eu sou", a não ser que se satisfaça com  o autoengano do mal informado, baseado em razão NULA. Jesus não virá buscar títulos, placas, faixas, nomes. Ele deu sua vida por "Almas".

Deixemos de lado as margens e adentremos ao "CAMINHO", sigamos, busquemos tornarmo-nos melhores, um dia poderemos dizer. Eu sou conhecido pelo meu caráter e reconhecido pela graça de Deus, e orar: Pai nosso...

Despojado de todo "Eu sou maligno" que nos faz sentar no trono da invalidade espiritual, vamos caminhar...

Assim como o apóstolo Paulo nos instrui: Sigo o Caminho. Com certeza aquele que disse: EU SOU O CAMINHO, que ele bem conhecia.

"Quero deixar bem claro,  somos servidores do mundo também, onde temos certificações e comprovações de estudos, cursos, que é um documento comprobatório importante, para fins de embasamento de nossas competências, não fontes de alimentação do ego".

Deus bem sabe como tratar nossas eficiências e deficiências, embora muitos seres humanos insanizados pela instrução do mundo, ama o autoengano ama a fútil arrogância, porém para estes Jesus deixou a sublime mensagem.

Apocalípse: 3.17 e 18. "Como dizes sou rico, nada tenho falta, mas não sabes que és miserável, pobre, cego e nu, mas convida para ungir os olhos com colírio para enxergar e vestir-se para não aparecer a nudez".

Corramos então ao convite, pois ainda estamos no ANO ACEITÁVEL DO SENHOR. Quem mais tem, melhor poderá oferecer.

Elvio Antunes de Arruda



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...